"Esse foi o problema Plagg, eu não usei a cabeça, eu só segui meu coração"
-Adrien Agreste, ep: Lady Wifi

sábado, 9 de setembro de 2017

Babibug’s 3ª temp fanfic 3 – Sombras do Passado

Oiiii!
Eu sei que eu demorei pra postar... Está ficando cada vez mais difícil ter ideias! Desculpa gente... É que eu não quero escrever qualquer coisa! Eu quero sempre postar O MELHOR que posso pra vocês! Por isso eu demoro... E nesse capítulo eu tive um probleminha... Eu fiz um desenho para colocar nele, mas... Eu deixei ele em casa... (estou a quatro horas de carro dela) Então, pra eu postar hoje (sábado) eu postei sem o desenho e domingo (quando eu chegar em casa) eu coloco na postagem ok?     

FANFIC 3ª TEMPORADA (Capítulo 3) – Sombras do Passado:

Ladybug narrando:

            O que é isso? O que está acontecendo?
            Tudo está preto a minha volta. Há apenas um feixe de luz sobre mim de origem desconhecida.
            Onde estou?
     Apesar de não estar dizendo nada, meus pensamentos, minhas dúvidas, questionamentos preenchem o local ecoando pelos seus cantos sem fim.
            Escuto sussurros.
            Viro-me para trás rápido tentando identificar de onde eles vêm.
            - Olá? Tem alguém aí?
            Sinto um vulto passar.
            - Quem está aí?! – grito, me virando novamente.
            Meus batimentos aceleram mais ainda quando uma silhueta feminina começa a aparecer nas sombras. Seus olhos vermelhos se destacam na escuridão.
            - Quem é você? – pergunto tentando parecer destemida.
            - Eu sou você.

            Acordo assustada com a respiração pesada. Sento-me na cama e olho em volta ainda com o coração acelerado.
            Estou no meu quarto. Mas... Como vim parar aqui?
            Algo estala em minha mente e tudo volta.
            A Guerra Final.
            Chloe.
            Style Queen.
            Skyle.
            Charlotte.
       Mas... e se tudo isso foi um sonho? Se tudo o que passou foi só mais uma previsão? Ou até, uma ilusão?
            Não.
            Foi real.
            Por quê?
        Junto com a memória voltaram as dores. Os arranhões de quando rolei pelo asfalto ainda estão bem nítidos e presentes.
        Espreguiço-me já estalando várias partes do meu corpo. No mesmo instante, percebo algo envolvendo a minha cintura.
            Chat.
            Agora realmente sei que não foi um sonho. Ele está aqui. Vivo. Ao meu lado.  
           Deixo escapar um pequeno sorriso de alívio e ao meu tempo de carinho. Ele está todo encolhido como um gatinho de rua com frio. Com cuidado para não acorda-lo, saiu devagar da cama, coloco um gatinho de pelúcia para ele abraçar no lugar da minha cintura, o cubro com o cobertor e dou um beijo em sua testa.
         Desço a escada do quarto ainda me espreguiçando e bocejando. Passo pela minha bancada e vejo o horário no celular. 9:53.
        Vou preparar nosso café da manhã... Será achocolatado e a comida favorita do Adrien: croissant!
            Direciono-me a direção da porta passando na frente da penteadeira.
            Espera.
            Passo a mão em minha nuca e sinto... NADA?!
            Quase voo para frente da penteadeira e...

(desenho da Marinette se olhando no espelho espantada pelo cabelo curto)

Alguns minutos antes...

Chat Noir narrando:

             Em cima de meu cavalo negro, Plagg, cavalgo rápido pela floresta nesse final de tarde de primavera. Desvio das árvores com agilidade. Logo, chego ao meu destino.
            Tiro o meu capuz preto com orelhas e observo a pequena janela no alto da torre. Ajeito a máscara negra em meu resto e grito:
            - Marinette, jogue os seus cabelos!
            Pouco tempo se passa até que os longos cabelos pretos azulados sejam jogados pela janela descendo á minha frente.
            Começo a escalar a torre segurando firme no cabelo até chegar ao topo.
            - Marinette? – pergunto olhando para os lados confuso.
            Ela aparece muito zonza e grita:
            - Chat! Cuidado!
            Tudo passa muito rápido e ao mesmo tempo muito devagar.
           Multicast. A vilã perversa que prendeu my princess nessa torre, corre em minha direção com um pedaço de um espelho quebrado. Antes que ela a encravasse em mim, Mari me joga para o lado, o pedaço cortante corta o cabelo da princesa e rolamos pelo chão.
            Ainda com raiva, a vilã avança novamente e...
            - AH! – grito de dor pelo espelho enfiado em meu tórax.
            Pelo o que acho ser o meu último suspiro de viva, vejo Multcast tropeçar no cabelo no chão e cair da torre.
            Antes de fechar meus olhos, sinto um beijo em minha testa e vejo pela última vez o rosto delicado de my princess. Eu não queria que acabasse assim...
            E não acabou.
Brilha brinco meu

Transforma o seu poder
Traz de volta já
O amor que tende a vencer

Cura o que se feriu

Salva o que se perdeu
Traz de volta já
O que uma vez foi meu
Uma vez foi meu...


       
      O corte em meu corpo desaparece como mágica, que foi o que realmente aconteceu. Mas assim que acordo...
            - Hã?!
            Deparo-me com tudo preto a minha volta. Porém, uma luz se acende em cima de mim.
            - O que é isso?! My princess?! MARINETTE?!
            Nada. Ninguém responde.
            O estranho é: minha visão noturna não está funcionando. Mas meus instintos de gato permanecem. Minhas orelhas se movem ao ouvir passos.
            - Mari? É você?
           Uma sombra masculina é desenhada na escuridão e seus olhos roxos brilhantes se acedem.
            - Quem ou o que é você? – pergunto confuso.
            - Eu sou você.

            - ADRIEN AGRESTE!
            - Aaaaah! – grito enquanto acordo e caiu da cama de susto – O que foi?!
        - O QUE ACONTECEU COM O MEU CABELO?! – pergunta Marinette furiosa.
            - A vilã da torre lá cortou o seu cabelo com o espelho – respondo sem pensar.
            - QUE?!
            - Ah! Desculpa, eu quis dizer que a Multicast cortou o seu cabelo com a espada quando você me salvou – falo como se fosse a coisa mais normal do mundo e logo em seguida bocejo.
            - POR QUE VOCÊ NÃO ME AVISOU ANTES?!?! Por isso os meus pais me olharam ontem de um jeito estranho! Aí meu Deus... Eu devo estar parecendo uma doida! Eu estou horrível... – ela diz sentando na cama pressionando as pernas contra o corpo com olhos cheios de lágrimas prestes a cair.
            - Não, não, não! Mari, você está linda! Ficou diferente! – digo já me recuperando do tombo, sentando na frente dela e limpando uma lágrima com o polegar em seu rosto.
            - Você só está falando isso para eu me sentir melhor...
         - Não! Pior que não... Você está linda... Mais linda do que nunca – afirmo olhando bem no fundo de seus olhos azuis.
            - Sério mesmo?
            - Sim! Você confia em mim, né, Bugboo? – pergunto segurando seus ombros e inclinando um pouco a cabeça.
            - Claro que confio...
            - Que bom, então não tem com o que se preocupar, certo?
            Dou um beijo nela.
            - Okay, vamos começar do começo: Bom dia, Marinette, dormiu bem?
            - ...
            - O que foi? O gato comeu a sua língua?
            - Nossa, Chat, sério... Você não perguntou isso...
            Ela se levanta da cama indignada e começa a descer a escada.
            - Calma, princesa! Eu só estava brincando, mas... Se não respondeu... O que aconteceu?
            - Ah, eu... Tive outro sonho estranho... Não sei se foi um pesadelo...
            - Foi igual o da outra vez? Afinal, você não me contou o que aconteceu nele... Você ficou toda estranha naquele dia em diante...
            - Bom... É que... Eu previ o futuro, Chat.
            O que?! Como assim ela previu o futuro?!
            Eu devo estar fazendo uma cara muito estranha e espantada, porque Marinette está me encarando como se eu fosse entrar em pânico ou sei lá.
            - Okay... Me explica isso direito – é a única coisa que peço.
            - Eu não sei como explicar... Eu tinha sonhado que você tinha sido acertado pela espada da Multicast e morrido na Guerra Final... Quando contei isso para o Mestre Fu ele disse que eu previ o que iria acontecer... Fiquei tão preocupada... Na hora, eu tentei acelerar os acontecimentos e desviar da espada, mas... Mesmo assim não consegui impedir que a espada te acertasse depois, Chat...
            - Mas o importante é que você conseguiu me salvar... Estou te devendo essa... – comento sentando na cadeira da escrivaninha.
            - Ah Chat, não vamos voltar nesse assunto, você já salvou umas 20 vezes!
            - E você já me salvou umas 21, mas afinal, por que você não me falou antes sobre esse sonho?
            - O Mestre Fu pediu para eu não contasse para não alterar o futuro.
            - Okay... Bom, vamos tomar café, Mari?
            - Sim, e depois vamos falar com o mestre sobre esse novo sonho e os poderes de ontem e...
            Interrompo-a.
            - Nananinanão, não deu nem 24 horas que a gente quase morreu e Paris quase foi destruída e você já quer saber de mais problemas?! Mari, vamos relaxar um pouco! Se não é capaz da gente explodir!
            - Okay, okay, mas amanhã à tarde a gente vai falar com o mestre sem falta, tá?
            - Por mim a gente iria daqui a algumas semanas quando voltam as aulas – falo de um jeito preguiçoso.
            - Ai já é exagero, Chat, vamos amanhã e descansamos até o final das férias.
            - Ótima ideia! E então, o que tem para o café da manhã?

Narradora:

Á tarde no parque...

           Depois das aventuras cansativas do dia anterior, nossos heróis optaram por fazer um piquenique á tarde no parque. E lá estão eles, sentados em uma toalha xadrez vermelha com uma cesta ao lado.
            - Mari, tá sujo aqui.
            Adrien passa o dedo na pasta de amendoim e passa no nariz de Marinette.
            - Ei!
            Marinette pega o chantilly do bolo e passa na bochecha de Adrien.
            - É guerra.
            Os dois acabam rindo juntos sujos de comida. Eles deitam abraçados e ficam observando as nuvens, sentindo a brisa passar e o cheiro das flores das árvores que voam para todos os lados.
            O momento não poderia ser mais perfeito.
            Para ser estragado.
            As telas espalhada pela cidade são ligadas e o Prefeito Bourgeois aparece.
            “Parisienses, depois das confusões que ocorreram no último mês, devo a vocês desculpa, principalmente, aos heróis de Paris: Ladybug, Chat Noir, Turtle, Volpina e Queen Bee”
            Adrien e Marinette reviram os olhos ao ouvirem o nome da antiga amiga e nova vilã.
            “Com tudo, me desculpo pelo ocorrido e retiro a Lei Anti-heróis. E para finalizar, digo que, agora conto com vocês, heróis, para que me ajudem a encontrar minha filha que está desaparecida, por favor, vocês são a minha única esperança. Obrigado”.

Realmente... Os nossos heróis não tem descaso, né? O que será que está por vir? Gostaram? Continuo?

Bjsss Miraculers!
Bug-out!

- Babibug

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

ANIVERSÁRIO DE DOIS ANOS DE MIRACULOUS!

FELIZ ANIVERSÁRIO MIRACULOUS!

Olha só! Já se passaram dois desde que essa INCRÍVEL série lançou!

"O tempo voa quando você se diverte!" - Tikki (episódio Temporizadora)

Realmente a Tikki tinha razão!

Resultado de imagem para miraculous ladybug gif
Mesmo com muita preguiça...

Resultado de imagem para miraculous ladybug gif
Nossos heróis sempre se levantaram!

Imagem relacionada
Sempre juntos e cada vez mais fortes para salvar Paris!

Resultado de imagem para miraculous ladybug gif episode antibug

"Eu e o Chat Noir somos uma dupla imbatível!" - Ladybug (episódio Antibug)

Com certeza, Ladybug!

Miraculous sempre esteve pronto para dar uma mãozinha nas horas ruins! 

Essa série os fez sorrir, nos fez chorar, nos comoveu e nos ensinou a amar essa história emocionante e romântica! 

Resultado de imagem para miraculous ladybug gif

Foram...

Dois anos de confusões...
Resultado de imagem para miraculous ladybug gif akumatized
Resultado de imagem para miraculous ladybug gif akumatized
Imagem relacionada


Dois anos de raiva...

Resultado de imagem para miraculous ladybug gif
Resultado de imagem para miraculous ladybug gif akumatized
Resultado de imagem para miraculous ladybug gif episodio lady wifi portas
(PORTAS 😡😡)

Dois anos de amizades...

Imagem relacionada
Dois anos de fortes batalhas...

Imagem relacionada
Dois anos de problemas...

Resultado de imagem para miraculous ladybug gif akumatized
Resultado de imagem para miraculous ladybug gif akumatized
Dois anos de Chloe e Laila (Lila)...

Resultado de imagem para miraculous ladybug gif
Dois anos de piadas ruins...

Resultado de imagem para miraculous ladybug gif

Dois anos de amor...

Resultado de imagem para miraculous ladybug gif
Resultado de imagem para miraculous ladybug gif akumatized
Resultado de imagem para miraculous ladybug gif

Resultado de imagem para miraculous ladybug gif akumatized
Dois anos de emoções...

Resultado de imagem para miraculous ladybug gif
Resultado de imagem para miraculous ladybug gif akumatized
Imagem relacionada
Imagem relacionada
Resumindo... Foram dois anos de MIRACULOUS! 


E agora para encerrar esse dia INCRIVELMENTE MIRACULOUS...

Imagem relacionada

Imagem relacionada



Resultado de imagem para miraculous ladybug gif
Imagem relacionadaImagem relacionadaResultado de imagem para miraculous ladybug gif pound itImagem relacionada


Resultado de imagem para miraculous ladybug gif akumatized
ZEROU!

Mais uma vez, feliz aniversário, Miraculous!
Bjsss Miraculers!
Bug-out!

-Babibug

SNEAK PEEKS E SPOILERS DA SEGUNDA TEMPORADA

Heyy miraculers!!!
AQUI ESTÃO 3 VÍDEOS COM SPOILERS DA SEGUNDA TEMPORADA!!!







MAS NÃO TEM SÓ VÍDEOS, TAMBÉM TENHO IMAGENS!!!!!

AQUI ESTÃO OS NOVOS HERÓIS E SEUS KWAMIS:







UM DOS PRODUTORES TIROU 2 FOTOS DE UM EPISÓDIO:

Essa imagem não está muito nítida, mas acho que dá
para ver o que está acontecendo



E AGORA UMA DAS MELHORES NOTÍCIAS, O LIVE-ACTION DE MIRACULOUS:
QUE JÁ ESTÁ SENDO PRODUZIDO, MAS VAI SER LANÇADO EM 2020



SÓ EU QUE ESTOU EXTREMAMENTE ANIMADA PARA A SEGUNDA TEMPORADA E O LIVE-ACTION?
Bye bye little miraculers!

-JennyNoir

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

+ SNEAK PEEKS E SPOILERS DA SEGUNDA TEMPORADA!

Oiiii!
GENTEEE! Eu estou postando fora do dia certo porque não aguentei!!! Eu ainda estou em semana de prova (as piores do ano), mas eu realmente não consegui me segurar!!! 

+ SNEAK PEEKS E SPOILERS DA SEGUNDA TEMPORADA!

LADRIEN! 

"Alguns dias, as coisas lindas são mais necessárias do que outras. Então, aqui estão dois adoráveis ​​bobos para nos animar a todos #amor"



 IMAGEM OFICIAL DO PRIMEIRO EPISÓDIO!

"Prepare-se para a 2ª Temporada!"

(Já estou preparada! Faz tempo!)

O spoiler a seguir saiu HOJE! AGORINHA! CORRI PARA POSTAR! ESTÁ CONFIRMADO...

DANÇA ENTRE ADRIEN E MARINETTE!
(Socorro, eu vou chorar)

Eeeeeeee agora, mais alguns SNEAK PEEKS DAS GRAVAÇÕES DOS EPISÓDIOS!



"Damas (Ladies) primeiro"

Com quem será que o Chat estava falando hehehehe


"Talismã! Um pedal?"



"Bom... Tikki, transformar!"



(Mais uma parte do primeiro episódioooooo)

Eu espero que vocês tenham gostado!!! (Eu deveria estar estudando geografia...) NÃO ME AGUENTEI! MUITOS SPOILERSSSSSS! 
Bjss Miraculers!
Bug-out!

-Babibug

domingo, 20 de agosto de 2017

Babibug's 3ª temp fanfic 2 - A Guerra Final:o fim!

Oiiii!
ALELUIA! ACABEI EM CIMA DA HORA! Eu juro que tive um BLOQUEIO ENORME! Eu não sei se o capítulo ficou muito bom... Mas borá lá... Eu espero que gostem...

FANFIC 3ª TEMPORADA (Capítulo 2) – A GUERRA FINAL – O FIM!

Narradora:

            Ou pelo menos era o que parecia até que o bastão de Chat Noir bate contra a espada de Multicast defendendo os dois heróis ainda no chão.
            Mas, quem o segura?
            - STAR! – grita Ladybug e Chat Noir em um uníssono.
            A garota que acabara de salvar os amigos se posiciona segurando o bastão com as duas mãos. Nesse momento, para a ajuda dos heróis, a chuva começa a parar aos poucos.
            Multicast encara a irmã furiosa.
            - Essa guerra não é sua, Skyle – afirma a vilã forçando a espada contra a garota.
            - E ela não deveria ser sua!
            Star, quero dizer, Skyle faz o único golpe que aprendera com Chat Noir no treino. Rodando o bastão contra a espada, ela a arranca das mãos de Multicast voando longe e logo em seguida a vilã cai para trás por causa do impulso.
            - Charlotte – Skyle finaliza a frase apontando o bastão para Multicast.

Ladybug narrando:

            Charlotte?! Aquela fã animada que conheci no meu aniversário?! Eu deveria ter suspeitado... Ninguém é tão fanática a ponto de surtar só por estar perto de mim e do Chat... Ah, a Alya era assim.... Ah, a Chloe também era... Okay, a culpa não foi minha.
            Né?

Narradora:

            Ladybug e Chat Noir não perdem tempo. Ainda com a adrenalina no sangue, os dois levantam rápido. Lady lança o seu iô-iô prendendo a vilã, enquanto Chat olha em volta.
Volpina, com a ajuda de Turtle, captura Mal Soeur e WorlWide que ainda permanecem meio tontos depois de terem sido acertados pela explosão causada por sua flauta.
Lady sente um mal pressentimento, como se estivesse esquecendo algo. Ela olha em volta e entende a sua inconsciente preocupação.
Style Queen e Queen Bee sumiram.
            Seus pensamentos são desviados por Multicast que começa a se debater tentando a qualquer custo se livrar do fio do iô-iô. Skyle chega mais perto da irmã.
            - Desista, Charlotte! Acabou! Todos os seus planos, todas as confusões, todas as lutas chegaram ao fim! Pare com essa paranoia e volte a ser quem você realmente é! – impõem Skyle com um tom preocupado e ao mesmo tempo autoritário.
            - Pelo meu amor por mim mesma, PARA de falar tão perto do meu rosto que eu estou sentindo o cheiro de peixe CRU que você deve ter comido no almoço! – reclama a vilã enquanto Skyle se afasta um pouco e cheira o próprio halito – E, afinal, QUEM é Charlotte!? Eu sou a Multicast! A maior super vilã de Paris! A invencível! Vocês são um bando de patetas que não merecem e nunca merecerão estes poderes! – antes de continuar ela olha para sua pulseira.
            Acabou. Não pode se transformar. Chegou ao limite.
            - Você não tem mais chance, Multicast, quero dizer, Charlotte, volte ao normal – diz Ladybug.
            - NUNCA! Vocês nunca me vencerão!
            - Nós já vencemos – afirma Chat Noir.
            O que os heróis não perceberam foi que, a cada palavra, Multicast se afastava um pouco e agora ela já está o perto o suficiente para... Pegar a espada novamente e com suas últimas forças...
            Tcha.
            Ela passa a espada bem perto do tórax de Chat Noir. O herói grita e cai no chão. O vermelho do sangue voa em varias direções. Dessa vez será definitivo? Chat Noir morre?








































(Eu queria deixar a vontade de me matar de vocês no final desse capitulo, mas eu já fiz isso muitas vezes com vocês...)








































            - NÃO! – Lady grita e, involuntariamente, quando se abaixa para ajudar o parceiro que caíra no chão, ela solta o iô-iô.
            Skyle pensa rápido e agarra o fio antes que Multicast consiga se soltar. A vilã grui de raiva.
            - CHAT! Não, não, não! Vai ficar tudo bem Chat! Não se preocupe! Rápido! Alguém liga para a ambulância! – ela grita enquanto põem a mão encima do grande corte para estancar o sangue.
            - Já estou ligando! – avisa Volpina.
            - RÁPIDO! – grita novamente Ladybug desesperada com as lágrimas que voltaram a escorrer em seu rosto – Ele está perdendo muito sangue! Chat! CHAT! Mantenha os olhos abertos! CHAT! Não, não, NÃO! ELE VAI MORRER!
            - Já era o destino dele – irrita Multicast.
            - NÃO! NÃO VOU DEIXAR ISSO ACONTECER!
            De repente, uma luz rosa começa a surgir nas mãos de Ladybug que começa a se intensificar ficando tão clara que parece branco. O traje da heroína também fica rosa. Todos á sua volta se assustam, mas Lady sabe o que isso se significa. Por instinto, ela já sabe o que fazer.
            Colocando a mão encima do ferimento de Chat, mais raios saem de suas mãos. Logo, o corte no herói desaparece como se nunca tivesse existido.
            Chat Noir abre os olhos e volta a respirar normalmente.
            - CHAT! – sem conter as lágrimas ela o abraça com toda a força que lhe resta.
            Retribuindo o abraço com a mesma intensidade, os dois sentem seus corações batendo. Os DOIS corações... Aquele momento poderia durar para sempre. Cada um decora cada sensação de seus corpos juntos ainda pelo medo de quase ter perdido um ao outro.
Turtle, Volpina e Skyle comemoram como nunca. Mesmo doloridos, eles pulam de felicidade com a cena Ladynoir.
- Okay, acho que precisamos ir, temos muito o que fazer em relação a Charlotte! Já temos um quarto especial para ela, não se preocupem, e o WolrdWide, quero dizer, o Marc irá me ajudar com ela e a Mal Souer, quero dizer, a Mia, ele só estava nessa para ajudar a namorada, e agora que ela está bem presa, relaxem que ele não causará mais nenhum transtorno por causa dela!
            WorlWide, quero dizer, Marc se desculpa por seguir as ordens da namorada e se despede junto com Skyle.
Chat ainda abraçado com Lady passa a mão sobre o cabelo da heroína, quero dizer, o que restou dele.
            Mesmo em um momento perfeito para um beijo. Chat o estraga.
            - Lady... Você reparou algo estranho em você?
            - O que?!
            - Quer saber, nada, nada, depois conversamos – e ele começa a rir.
            Turtle e Volpina começam a rir também.
Depois de tudo o que aconteceu, agora estão todos seguros. Juntos. E seguros. E assim, ironicamente, acaba a infeliz Guerra Final que chega a um final feliz.

Bônus:

Na Área de Treinamento...

            - COMO ASSIM VOCÊ NÃO CONTROLA ESSE PODER?! – indaga Alya irritada.
            - Eu controlo os outros quatro poderes, mas eu não consigo controla esse de cura! Talvez, ele só venha com o sentimento momentâneo pelo risco ou algo do tipo... Desculpa gente, eu não consigo curar as suas feridas, amanhã eu vou falar com o Mestre Fu sobre isso... – diz Ladybug se destransformando.
            - OKAY, nós tivemos um péssimo dia, então estou indo pra casa galera – despede-se Nino.
            - É, eu também vou, tchau Mari, tchau Adrien – diz Alya já saindo pela porta da Área de Treinamento.
            - Finalmente a sós... – diz Adrien enquanto segura Marinette pela cintura e diminui a distancia entre seus rostos.
            - Depois de tudo que passamos, eu vou chegar em casa e cair morta de sono – ela diz com um jeito preguiçoso.
            - Depois do que aconteceu hoje, é melhor nós nunca mais usarmos essa expressão de morte, nem no sentido imaginário, né?
            O loiro recebe como resposta uma pequena risada vazia que ainda demonstra o choque pelo ocorrido que está disposto a atormentar a heroína por muito tempo.
            - Não vamos mais tocar nesse assunto, okay? Por favor... – ela pede segurando o rosto do garoto com as duas mãos fazendo-o ser mais uma vez hipnotizado pelos olhos azuis como um lindo céu ensolarado que pertence a garota.
            Em um movimento rápido, Adrien passa uma das mãos da cintura de Marinette para a sua nuca sentindo os fios do cabelo recém cortado da heroína e, finalmente, a puxa para um beijo demorado que transborda a saudade e todo o amor quase perdido durante aquela guerra que importunou os dois apaixonados.
            Após alguns minutos, seus lábios se separam.
            - Acho que hoje a noite tenho o compromisso de levar uma certa princesa para casa... Plagg, mostrar as garras!
            Logo, Chat Noir surge diante dos olhos de Marinette. A mesma não discute enquanto o herói a carrega por Paris levando-a para sua casa.
            Chegando lá, Marinette pede para Chat a deixar na porta para avisar seus pais que voltou. No cominho até o seu quarto onde seu gatinho a espera, ela passa pela cozinha e pega cookies para Tikki e camembert para Plagg.
            - O que é isso, princesa?
            - Não é para você, a Tikki e o Plagg devem estar mais cansados do que nós – ela argumenta deixando o prato em cima da bancada e colocando a sua kwami ao lado – Você não vai destransformar? O Plagg deve estar morrendo de fome!
            - Relaxa, eu dei queijo pra ele lá na Área quando chegamos.
            - Ok, então... Bom, você vai dormir aqui né? Eu não quero passar mais um segundo sem você! – Marinette diz abraçando Chat bem forte.
            - Por isso mesmo que estou aqui! Mas, você não quer fazer algo antes de dormir? Como jogar Ultimate Mega Strike 3? Vai que hoje nós ficamos empatados! Entendeu? EnPATAdos? – o gato fala rindo da própria piada.
            - Nossa Chat, essa foi péssima!
            - Ah, eu sei, a minha criatividade vai mesmo ao longe, porque eu sou o Chat Noir.
            - Eu não acredito que você disse isso – critica Mari sentando em sua cama e colocando a mão sobre o rosto em sinal de indignação.
            - O que foi? Eu estou bugando você, Ladybug?
            - Aaaaaah – ela se joga na cama colocando a cara no travesseiro – quer saber, vamos dormir.
            - Claro, mas antes...
            Ele a rouba um beijo enquanto deita ao seu lado. Logo, os dois se abraçam e adormecem sem perceber.
            E agora sim. Mais um dia se encerra, mais uma guerra acaba e mais uma vez o amor de nossos heróis renasce.
           
           

... Gostaram? Continuo?
Bjss Mirculers!
Bug-out!

-Babibug